Academia Trieste Stadium

Natação

POR QUE FAZER NATAÇÃO? A natação é um excelente exercício físico para o corpo humano. Dizem vários especialistas que é a “atividade física mais completa que existe”. Se não é mais completa, está muito perto disso! Afinal, a natação ajuda a melhorar o desempenho cardíaco e respiratório, fortalecendo a musculatura de todo o corpo, o que contribui, de forma decisiva, para o aumento na qualidade de vida das pessoas. Foram os animais aquáticos que mostraram ao homem que ele poderia mover-se na água, sem necessariamente…afundar! Os homens aprenderam a lição de tal forma que, na antiga Grécia e em Roma, a natação foi adotada como exercício para treinamento de soldados. Como esporte, a natação foi prejudicada durante muito tempo. É que havia a crença de que ajudava a disseminar epidemias. Mas isso foi mudando com o passar do tempo. Hoje, felizmente, é um esporte que, além do prazer físico e psicológico que proporciona, é recomendado por médicos, fisioterapeutas e professores de educação física para combater diversas males que nos afligem. A natação pode ser feita em quatro estilos: crawl,  costas, peito e borboleta.


O crawl é nadado de barriga para baixo, com batimento de pernas alternado. A força do movimento das pernas é de cima para baixo, e os braços se alternam simultaneamente. A respiração ocorre de acordo com a braçada.O nado de costas é o “oposto” do crawl. É executado de barriga para cima, como o próprio nome fala, ou seja, de costas. O batimento de perna é quase igual, tendo como diferença a origem da força, que é de baixo para cima.Para muitas pessoas, o nado de peito é engraçado, porque o movimento se parece muito ao de uma rã ou um sapo. Aliás, o estilo foi inspirado nesses répteis. No nado borboleta, ambos os braços devem ser trazidos à frente, simultaneamente sobre a água e levado para trás, juntos. As pernas unidas fazem um movimento junto com o tronco em forma de ondulação. É considerado o mais difícil e exige muito da lombar. Geralmente, é o último estilo a ser ensinado, quando o nadador já tem os demais estilos bem assimilados.

 

Benefícios da natação para BEBES e CRIANÇAS 

  • Desenvolvimento psicomotor. Melhora a coordenação, o equilíbrio e o conhecimento do espaço. Aumenta a força graças aos exercícios musculares, fazendo com que exista um desenvolvimento prematuro nas habilidades psicomotoras tais como gatinhar e caminhar.
  • Fortalecimento do sistema cardio-respiratório. É benéfico para a condição cardiovascular e, dessa forma, melhora a resistência do bebé. Amplia a capacidade do seu sistema respiratório e a regulação adequada à sua circulação sanguínea.
  • Relaxa a criança. Os exercícios suaves combinados com a água a uma temperatura agradável relaxam o bebé, estimulam o seu apetite, aumentam o apetite e fazem com que a criança durma melhor e, como consequência, melhora o seu carácter e comportamento.
  • Reforça a sua segurança e a sua independência. O bebé sente-se mais seguro e desfruta muito aprendendo a nadar ao sentir que os seus pais têm a sua atenção concentrada nele. Aumenta o seu sentimento de independência e de auto-confiança.
  • Aumenta o coeficiente intelectual. Está demonstrado que os bebés que fizeram natação nos primeiros 2 anos de vida desenvolveram uma percepção maior do mundo que os rodeia. A água estimula a capacidade de brincadeira da criança e isto repercutirá positivamente nas futuras aprendizagens.
  • Desenvolve as habilidades vitais de sobrevivência. Aprendem a ultrapassar dificuldades, o que mais à frente utilizarão no dia-a-dia para serem mais autónomos.
  • Ajuda na socialização. Estimula a confiança em si mesmo e, dessa forma, melhora a comunicação com os outros. A convivência na piscina com as outras crianças ajudará o seu filho a relacionar-se melhor, para além de aprender a compartilhar e a realizar actividades junto a outras pessoas.
  • Fortalece o seu sistema imunitário. São crianças que não sofrem tantos resfriados, otites, etc. Isto porque o seu sistema acostuma-se a uma série de circunstâncias.